Background Illustrations provided by: http://edison.rutgers.edu/
Reblogged from encontre--se  247 notes

Deu aquela vontade de sair andando pela rua, e só caminhar, caminhar, até chegar o mais próximo do céu, andar até parar de doer, até a alma ficar limpa de novo, pegar minha dor e fazer poesia, trocar meu choro por um milhão de sorrisos, ah Deus o Senhor sabe como eu queria caminhar e caminhar. By Thalita Gama. (via encontre—se)

Reblogged from encontre--se  15 notes

Se você passar por uma guerra no trabalho, mas tiver paz quando chegar em casa, será um ser humano feliz. Mas, se você tiver alegria fora de casa e viver uma guerra na sua família, a infelicidade será sua amiga. By Augusto Cury. (via encontre—se)

Reblogged from graciousbeating  4,904 notes

Eu não quero muito. Eu só quero um colo que esteja disposto a me abrigar em dias ruins. Um colo pra repousar a cabeça e o corpo inteiro. Um colo que eu possa voltar pra sempre. Só um colo. Um colo sincero, sem obrigações. Eu só quero pés entrelaçados em noites frias. E também mãos entrelaçadas em dias quentes. Quero chocolate de colher na boca, sorvete melando o nariz e pipoca que acompanhe um filme no fim da tarde. Quero bons diálogos quando o mundo inteiro me parecer cuspir ignorância. Quero ser ignorante e ter quem me entenda mesmo assim. Eu só quero me sentir única, insubstituível, essencial. Não peço muito. Peço apenas que você me transmita força, coragem e confiança. Quero me perder e me encontrar nos seus olhos. Quero olhos que me enxerguem além do que permito enxergarem. Quero rodopiar e não me sentir tão tonta à ponto de cair. Quero não cair. Quero braços fortes que não me deixem chegar ao chão. E braços ainda mais fortes que me tirem dele. Eu só quero viver um prazer contínuo e não achar que algo, no fundo, está muito errado por isso. Quero dar gargalhadas e não me importar com o volume exaltado. Quero não me importar, mas ainda assim ser importante. Quero ser. E quero muito. Mas não quero nada. Nada que não me faça flutuar, nada que tire o brilho do meu olhar, nada que me desaprenda a andar. Eu só quero lembrar e rir. E depois chorar. E rir de novo. Quero mergulhar sem me preocupar com a profundidade. Quero não me preocupar mais tanto, tanto e tanto. Eu só quero deixar a mente livre, o coração aberto e os pensamentos fluindo. Quero ser inundado de sensações novas. Quero torcer por algo e sorrir mesmo que dê errado. Quero pular como se alcançasse o céu. E depois me contentar com meus pés no chão. By Capitule, é pedir demais? (via capitule)

Reblogged from 1ally  4,589 notes

Gostaria que amigos andassem de mãos dadas com mais frequência, como as crianças que vejo nas ruas ás vezes. Não estou certa do porquê de termos de crescer e nos envergonhar de fazer isso. By  Anna e o Beijo Francês  (via retirei)

Reblogged from removingg  18,598 notes

Bonito mesmo é um abraço inesperado, um beijo roubado, um sorriso sincero, uma lágrima de felicidade. Bonito mesmo é o sentimento verdadeiro, o sentir-se perto mesmo estando longe. É se doar sem querer nada em troca, é pensar que a vida é mais do que um dia triste ou uma noite de pesadelos. By Pedro Bial.     (via reativador)